segunda-feira, 8 de junho de 2009

HISTÓRIA

            Terra de excepcional qualidade respira a história do Brasil. Herdeira da fase áurea do café a cidade já nasceu poética.
            Localizada no Centro Oeste Paulista, sua história começou a ser contada em 1905 quando a comissão geográfica e geológica do Estado fez um levantamento da região, que então era habitada por silvícolas.
            Em 1923, Antonio Pereira da Silva e seu filho José Pereira da Silva, o Pereirinha, adquiriram 54 alqueires de terra dos quais vieram constituir o patrimônio Alto Cafezal onde surgiram as primeiras casas de tábua e uma capela humilde erguida na colina, sendo Santo Antonio o padroeiro da nascente povoação.
            Em 1926 surgiram mais dois patrimônios; um denominado Vila Barbosa pertencente a princípio a Marcelo Ferraz e depois a Almeida e Nogueira e outro pertencente a Bento de Abreu Sampaio Vidal a leste.
            Nesta mesma época a companhia paulista de estrada de ferro estava avançando seus trilhos de Piratininga ao espigão, a parte mais ocidental da Serra de Agudos, chegando ao Município de Lácio e segundo os critérios usados por essa companhia as estações iam sendo nomeadas no ramal por ordem alfabética e, portanto a próxima deveria começar com a letra “M”.
            A cidade resultou da união dos três patrimônios. O Sr. Bento de Abreu autor do projeto de criação do distrito de paz em 1926 denominou a futura cidade de Marília inspirado no romance Marília de Dirceu. 
            O Município foi criado em 24 de dezembro de 1928 e emancipado em 4 de abril de 1929.
            Extensão territorial: área total de 1194 km sendo 42 km de área rural de área urbana e 1152 km de área rural. Tem atitude de 650 metros e sua topografia descreve uma região montanhosa.
            Distante da capital, São Paulo, 443 km por rodovia e 529 km por ferrovia.
            A fertilidade de seu solo a fez crescer rapidamente. Segundo o historiador Lucillo Coelho de Oliveira em sua monografia “A cidade de Marília”, nos diz: “derrubam de uma só arrancada 12.000 alqueres de matas e plantaram quase de um só fôlego, mais de 24 milhões de pés de café. Havia abundância de braços”.
            E nas locomotivas que trilhavam a estrada de ferro havia mais do que passageiros e produções agrícolas; elas levavam e traziam um pouco de cultura e de conhecimento.
            A cidade cresceu rica, abençoada por seus habitantes que a transformaram no “Símbolo de Amor e Liberdade”.
            Marília possui hoje uma população de 223.454 mil habitantes e possui 249 bairros registrados.
            Atualmente, nosso segmento industrial conta com uma variedade de produção de alimentos, o que tornou a cidade conhecida como “A Capital Nacional do Alimento”.
            Destaca-se indústrias como: Marilan S/A; Bel Produtos Alimentícios; Nestlé; Yoki; Yanks; Spaipa (Coca-cola); Sasazaki, entre outras.
            A cidade conta com 04 Berçários; 26 Emeis; 19 Emefs; 03 Emefeis; 34 Escolas Particulares; 34 Escolas Estaduais; 02 Centros Supletivos; 03 Universidades e 01 Faculdade de Medicina.
            Possui ainda escolas profissionalizantes de várias áreas como: mecânica, desenho, industrial e mecânico, técnico em contabilidade entre outros.
            São 03 Cinemas, totalizando 09 Salas de Projeção; 01 Clube de Cinema; 01 Espaço Cultural; 06 hospitais; 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS); 29 Postos de Saúde da Família (PSF); e conta com uma rede hoteleira com mais de 22 estabelecimentos.
            Nossa área verde está representada por horto florestal, uma área reservada ao reflorestamento e uma área de vegetação de 7.400 hectares de vegetação natural.
            Assim é Marília hoje, um grande pólo de desenvolvimento econômico, cultural, educacional e turístico que com sua pujança cresce e mostra ao país que é possível crescer respeitando a natureza e fazendo história.

MARÍLIA TERRA DE DINOSSAUROS 
            Situada numa região de serras, rodeadas por vales e paredões de arenito que revelam as camadas de rochas sedimentares com milhões de anos, Marília possui uma topografia acidentada que lhe confere uma paisagem única em todo o estado.
            Foi neste cenário que o pesquisador William Nava encontrou o fóssil do Mariliasuchus amarali, uma espécie de pequeno crocodilo que habitava as margens  de rios e lagoas.
            Sob sua coordenação, no Museu de Paleontologia de Marília (anexo ao Centro Cultural) podem ser vistos ossos de dinossauros, como um fêmur medindo 1,10 m  de comprimento, fósseis e ovos de crocodilo, restos de tartarugas e outros organismos.

CURIOSIDADES SOBRE MARÍLIA  
MARÍLIA TEVE A PRIMEIRA RODOVIÁRIA DO BRASIL
Na época de sua fundação, Marília concentrava grande parte do transporte rodoviário do estado, o que levou sua administração a tomar uma decisão inédita no Brasil: criar uma estação rodoviária, isto em 1938. Ela ficava localizada na antiga Av. Barão de Mauá (hoje Av. Tancredo Neves), onde se encontra o estacionamento do Supermercado Pastorinho.

AQUI NASCEU O BANCO BRADESCO
Reconhecidamente, um dos maiores bancos privados do Brasil, o Bradesco teve sua origem na cidade. Marília foi a primeira cidade do Brasil a ter um caixa eletrônico.
Devido ao pioneirismo tecnológico do Bradesco, Marília teve o primeiro CAIXA ELETRÔNICO do Brasil, que ficava localizado na Rua Prudente de Moraes, ao lado da saída do estacionamento do banco. Hoje esse caixa eletrônico está em exposição no Museu Municipal “Helio Antônio Scarabotollo”.

AQUI TAMBÉM NASCEU A COMPANHIA AÉREA TAM
A TAM Linhas Aéreas, eleita a melhor companhia de transporte aéreo regional do mundo, também teve suas origens aqui em Marília. Antigamente chamava-se “Táxi Aéreo Marília” e surgiu em 1961.


MARÍLIA JÁ FOI A CIDADE QUE MAIS CRESCEU NO MUNDO
Na década de 50, Marília atingiu o pico de seu crescimento, devido principalmente a cultura do café, sendo considerada a cidade que mais cresceu no mundo.

A FOTOGRAFIA EM 360º FOI CRIADA AQUI
Utilizando um conjunto de espelhos SEBASTIÃO CARVALHO LEME criou a fotografia 360 graus, capaz de capturar a imagem de todo o ambiente em uma única tomada.

MARÍLIA TERRA DE DINOSSAUROS
O Pesquisador Wiliam Nava encontrou fósseis de espécies de pequenos crocodilos que foram batizados de Mariliasuchus amarali e Adamantinasuchus navae

ESTAMOS NO GUINESS BOOK – NORTON EMERSON
Radialista bateu recorde de permanência no ar – 100 horas ininterruptas de transmissão diretamente do estúdio montado na Galeria Atenas.

ENCARNAÇÃO OLIVAS PACHECO
Conhecida como Vó Nena, de 86 anos realizou o seu sonho de saltar de pára-quedas em 1992, entrando para o livro dos recordes como a pára-quedista mais idosa.

HIBISCUS HIBRIDUS
É uma flor de rara beleza que conta com mais de 1400 variedades (cores). Um dos poucos cultivadores registrados no Brasil encontra-se em Marília. O senhor Ademir Antônio de Oliveira.

MARILIENSES DE DESTAQUE
Osmar Santos famoso narrador esportivo.
Tetsuo Okamoto foi o primeiro atleta brasileiro a ganhar uma medalha olímpica, bronze na natação. Sua história e troféus estão expostos na sala de troféus do Yara Clube.
Os pais da famosa atriz Sônia Braga são naturais de Marília.

 MENSAGEM DO PREFEITO
             Você, que está em Marília, que visita nossa cidade... respire os ares do progresso e do desenvolvimento! Marília, a cidade que mais cresce no interior do Estado, recebe você de braços abertos. Seja bem-vindo, aproveite o que a cidade tem a oferecer, e volte sempre!


Prof. Mário Bulgareli
Prefeito Municipal de Marília




0 comentários:

Postar um comentário