segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Teatro Municipal receberá Walter Armstrong em homenagem ao Dia da Consciência Negra



Walter Armstrong, músico instrumentista e artista negro da cidade de Promissão realizará grande show de homenagem ao dia da Consciência Negra em Marília. O show acontece no Teatro Municipal, nesta quarta-feira (20), a partir das 19h30, com uma noite de celebração aos principais artistas negros do jazz internacional. A entrada é 1kg de alimento não perecível. 

A noite contará também com homenagens a personalidades negras de Marília, através da Câmara Municipal de Marília, homenageando artistas, lideranças que contribuem na luta pela igualdade etno racial. 

Para abrir sessão de homenagens haverá a exposição de obras do fotógrafo Walter Firmo, com obras que estarão expostas no saguão do Teatro Municipal à partir das 19h. 

A exposição, promovida pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo através de sua Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias, foi concebida há dez anos e cumpre uma longa itinerância desde então por todo o Estado de São Paulo com uma parte da exposição em Marília, onde originalmente é composta por uma centena de imagens vencedoras da campanha fotográfica homônima que recebeu mais sete mil fotos e representam a herança e a influência africana no nosso cotidiano, marcando a data como símbolo pela luta e igualdade racial no combate ao racismo. 

O evento é realizado pela Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Cultura com apoio do Conselho Municipal da Promoção da Igualdade Racial e Câmara Municipal. 

Confira a programação do mês da consciência negra no blog da cultura: www.culturamarilia.blogspot.com





quinta-feira, 14 de novembro de 2019

Atriz mariliense Glamour Garcia concorre a prêmio de revelação do ano em programa Domingão do Faustão



Atriz Mariliense Glamour Garcia está concorrendo ao prêmio “Melhores do ano” do programa Domingão do Faustão da TV Globo e acessando o link www.gshow.com/melhoresdoano a população pode votar para que ela possa ser premiada na categoria revelação do ano. 

Nascida em Marília, a atriz de 31 anos, está no ar na novela das nove da TV Globo, A Dona do Pedaço, onde interpreta a personagem Britney, e tem sido de grande sucesso principalmente a representatividade do publico LGBTT. 

Formada em Artes Cênicas pela Universidade de Londrina, a atriz e ativista social da causa LGBTT, também foi madrinha da 1ª Parada da Diversidade de Marília, nos últimos anos, ela chegou a atuar em alguns filmes, como “Nome Provisório” e “Horácio”, e séries - como “Rua Augusta”, exibida pela TNT, mas seu papel de maior destaque certamente é o de Britney. 

“A Secretaria da Cultura de Marília deseja toda sorte a essa atriz mariliense que nos orgulha e leva nome de nossa cidade. Parabéns Dani Glamour pelo seu sucesso e pelo que você representa, assim como a nossa cidade, ambas representam o amor e a liberdade”, disse Luciana Santos, Chefe de Gabinete da Secretaria da Cultura. 


quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Secretaria da Cultura apoia abertura Semana da Consciência Negra com temática religiosa de combate ao preconceito



Neste dia 15 de novembro, através da lei de número 12.644, celebra-se o Dia Nacional da Umbanda, religião que completa 111 anos de reconhecimento nacional. Para comemorar a data, as religiões de matrizes africanas de Marília e região irão se reunir, em frente à Prefeitura Municipal (Rua Bahia, 40), à partir das 9h, para um ato solene de paz aberto ao público, adeptos e simpatizantes. 

As religiões de matrizes africanas possuem relação cultural com povos e comunidades tradicionais, ou seja, de origem indígena e africana, que possuem a religião como instrumento resistência trazida pelos negros desde tempo da escravidão. 

Este evento conta com apoio da Secretaria Municipal da Cultura, onde a chefe de gabinete Luciana Santos, socióloga, com especialização em Arte e Educação, fala da importância deste evento para preservação da memória. 

“O IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico artístico Nacional) órgão Federal, reconhece e contempla os povos e comunidades tradicionais em suas políticas de preservação da memória e proteção e preservação com reconhecendo de patrimônio cultural brasileiro, portanto é um dever do estado manter e preservar estas tradições que valorizam a cultura e a identidade dos brasileiros”, disse Luciana. 

Um exemplo da importância da religião de matrizes africanas para preservação da memória é que em suas cantigas possuem dialetos das principais nações africanas (jejê, ketu, nagôs) que foram escravizadas no Brasil. Cantigas na língua Yorubá por exemplo, trazida pelos nagôs, estão presentes nos ritos da religião, que são ladainhas ou orações, súplicas de proteção a Deus ou aos orixás que serviam de acalanto, para minimizar a dor e o sofrimento de separação de suas famílias, do seu território, cura de doenças e a violência que sofriam com a escravidão no nosso país. 

As religiões de matrizes africanas trazem consigo a história do país que nos livros didáticos não aparecem, história povo negro, de muita dor, sofrimento, mas com muita resistência e luta social até os dias de hoje no combate ao racismo e a desigualdade social que afeta a população negra. 

Segundo o Fiscal Federativo da Associação Brasileira de Templos de Umbanda, Candomblé e Jurema, Pai Maycon, “a data é um marco, pois abriremos a Semana da Consciência Negra em nossa cidade, que tem diversas programações, e ocupar um espaço público de grande visibilidade, e sair da marginalidade que querem nos impor, tirar o medo dentro de nós, povo do asé, e temos direitos de usar nossas vestimentas e guias nos espaços públicos como qualquer outro sacerdote religioso. Ao mesmo tempo estamos nos organizando, saindo da religião e atuando no campo politico, o que nos fortaleceu e nos encorajou a denunciar tais violações de direitos humanos, frutos da intolerância e do preconceito racial. Por isso se faz necessário ações como esta, reforçando assim uma cultura de paz e a necessidade de respeito às diversidades, estamos praticando a cidadania, direito democrático, na cidade símbolo de amor e liberdade”, disse Pai Maycom. 

A Secretaria da Cultura divulga também que, no dia 16 de novembro, a partir das 19h30, tradicional Missa Afro na Paróquia Santa Rita de Cássia, com a exposição “África em Nós” da Secretaria Estadual da Cultura e Economia Criativa/Governo de SP, com o apoio da Prefeitura de Marília através da Secretaria da Cultura, como parte da programação da Semana da Consciência Negra. 

Outras programações da Semana da Consciência Negra pode ser acessadas na agenda cultural no Blog www.culturamarilia.blogspot.com.br.

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Marília terá representantes para 2° Concurso Beleza Negra Ourinhos e Região 2019


Isabela Cristina de Oliveira Ferreira - Miss Afrofest 2018



Acontece no próximo dia 16, na UNIFIO de Ourinhos, o 2º Concurso Beleza Negra Ourinhos e Região 2019, que terá como representantes da cidade de Marília as belas Isabela Cristina de Oliveira Ferreira - Miss Afrofest 2018 e a universitária Monique Moraes Alves, competindo com a região na categoria adulta. 

Monique Moraes Alves
O Concurso Beleza Negra Ourinhos e Região tem como objetivo trabalhar a autoestima de mulheres, homens e adolescente negras do município de Ourinhos e região, valorizando dessa forma a cultura afro-brasileira. 

O evento destaca o dia nacional da consciência negra que será celebrado no próximo dia 20 de novembro, levando para passarela a beleza e importância de sua cultura. 

O evento também agregará desfile de moda primavera/verão com lojas de moda festa e kids, mostrando ao publico beleza, tendências e entretenimento. 

Os quesitos que serão julgados e avaliados serão beleza, simpatia e desenvoltura em passarela. 














Exibição do filme Djon África é destaque da semana na Sala de Projeção



A Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (Pontos MIS), exibe dia 14, às 20h, na Sala Municipal de Projeção (Av Sampaio Vidal, 245- piso superior, com entrada pelo Museu de Paleontologia), o filme “Djon África”, com direção de Filipa Reis e João Miller Guerra. A entrada é gratuita. 
O filme tem no elenco Miguel Moreira, Isabel Cardoso, Patricia Soso, entre outros. A classificação indicativa é 12 anos. 

“Pontos MIS” é um programa de circulação e difusão audiovisual que visa promover a formação de público e a circulação de obras do cinema. Estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado. 

O programa é uma realização do Governo do Estado de São Paulo (Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo), com uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som - MIS e as cidades do Estado, com objetivo de democratizar o acesso ao cinema, a fim de contribuir para a formação de plateias, a difusão de filmes e o estímulo à produção local. 


Sinopse: 


Miguel Moreira, também conhecido como Tibars e Djon África, descobre que a genética pode ser cruel quando sua fisionomia e bem como alguns de seus fortes traços de personalidade - o denunciam imediatamente como filho de seu pai; alguém que ele nunca conheceu. 

Esta descoberta intrigante leva-o a tentar descobrir quem é este homem. Tudo o que ele sabe sobre ele é o que sua avó, com quem ele sempre viveu, lhe contou. 


Serviço: 


Sessão Pontos MIS 

Exibição do Filme: Djon África 

Dia: 14/11 – 20h 

Local: Sala Municipal de Projeção – Av Sampaio Vidal, 245- piso superior, com entrada pelo Museu de Paleontologia 

Entrada gratuita - Classificação: 12 anos 



segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Biblioteca Municipal recebe exposição “Mapa de Memórias - memórias de um Brasil Escravocrata”




A Biblioteca Municipal “João Mesquita Valença” recebe de 18 a 29 de novembro a exposição “Mapa de Memórias - memórias de um Brasil escravocrata”, realizada por alunos do 7º ano do Ensino Fundamental II do Colégio Compacto de Marília. 

A exposição tem como objetivo manter viva a Memória do Brasil escravocrata e homenagear a data de 20 de novembro, Dia da Consciência Negra. 

A instalação, além de fazer homenagem, atua também como recurso pedagógico para desenvolvimento da disciplina de História do 7º ano do Ensino Fundamental, do Colégio Compacto. 

A exposição coloca em evidência a representatividade do negro no período colonial brasileiro, colocando em ênfase suas atuações, hábitos, costumes e as marcas que esse período trouxe para o Brasil até os dias atuais. 

O projeto conta com uma instalação com colagens de imagens impressas em papel fotográfico aplicadas sobre um molde de isopor do mapa do Brasil. 


Serviço: 


Exposição “Mapa de Memórias - memórias de um Brasil escravocrata” 

Data: de 18 a 29 de novembro (das 12h às 18h) 

Local: Biblioteca Municipal (Rua São Luiz, 1295) 

Entrada gratuita.

Circuito Cultural Paulista: Espetáculo Circense gratuito acontece neste domingo na Praça dos Bancários



Acontece neste domingo (17), às 16h, na Praça do Clube dos Bancários (Rua Coronel Rodolfo Negreiros, 361 – Pq São Jorge), o Circuito Cultural Paulista, com o espetáculo gratuito Espetáculo de Circo “A Brincadeira Continua”, com a Cia Itinerante “Tem Sim Sinhô!”. 

O evento, que contará com tradução em libras, tem apoio da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Marília. 

“A Brincadeira Continua” é um espetáculo de brincante como um teatro de revista, intercalando cenas de palhaços com número de equilíbrio e mágicas; o repertório musical conta com cantigas de palhaços e músicas populares. 

É mágico, simples e belo o encanto dos bonecos de reisado que dança e brinca com o público que já está envolvido com as músicas ao som da sanfona, zabumba, pandeiro e triângulo. Um circo sem lona, onde os Palhaços, com suas brincadeiras singelas e atrapalhadas, encantam e arrancam gargalhadas de todas as idades. Sua montagem inspira-se na generosidade dos palhaços presentes proporcionando ao público o mais puro alimento para a alma, um riso inocente! 

O Circuito Cultural Paulista é o maior programa contínuo de difusão cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, executado por meio da organização social Associação Paulista dos Amigos da Arte - APAA, em parceria com as Prefeituras Municipais. 

Com patrocínio master, via incentivo fiscal da Lwart Lubrificantes, a programação inicial de espetáculos levará produções culturais a 30 municípios: Aguaí, Agudos, Amparo, Araçatuba, Araras, Bauru, Botucatu, Campinas, Cubatão, Espírito Santo do Pinhal, Franca, Guaíra, Guarulhos, Iguape, Ilha Solteira, Indaiatuba, Lençóis Paulista, Limeira, Lorena, Macatuba, Marília, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santa Bárbara D'Oeste, São José dos Campos, São Vicente, Suzano e Taubaté. 


Serviço: 


Circuito Cultural Paulista 

Espetáculo de Circo “A Brincadeira Continua” - com a Cia Itinerante “Tem Sim Sinhô!” 

Dia 17/11 – domingo - 16h 

Local: Praça do Clube dos Bancários (Rua Coronel Rodolfo Negreiros, 361 – Pq São Jorge) 

Evento gratuito com tradução em libras! 

Realização: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, por meio da Associação Paulista dos Amigos da Arte (APAA), através da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Patrocínio Lwart Lubrificantes. 



sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Sastrom promove observação de Trânsito de Mercúrio nesta segunda-feira



Próxima segunda feira, dia 11, acontecerá o trânsito do planeta Mercúrio pelo disco solar de Leste para Oeste, o que significa que será possível ver o planeta passar em frente ao Sol. Seu início ocorrerá, 09h35 e terminará às 15h04 - horário de Brasília. 

Para acompanhar o fenômeno uma equipe do Sastrom (Sistema Astronômico de Marília), com apoio da Secretaria da Cultura, fará uma tarde de observação com equipamentos como telescópios e binóculos com filtros especiais à partir das 13h ao lado do Espaço Cultural e de Lazer "Ezequiel Bambini" (Av. Sampaio Vidal - em frente ao SENAI). 

“Queremos lembrar que, em hipótese alguma, deve-se olhar para o Sol sem filtros especiais. A falta de proteção, pode levar à cegueira ou outros danos à visão. Convidamos a população para apreciar esse raro e belíssimo espetáculo”, disse João Frazão, presidente do Sastrom. 

O trânsito de Mercúrio é relativamente raro, pois o primeiro trânsito observado aconteceu em 07 de Setembro de 1631, e o último foi no ano de 2016, e sempre ocorre nos meses de Maio e Novembro. O próximo deve acontecer no ano de 2032. 











Musical infantil “Da Cabeça aos Pés, Sem Pé Nem Cabeça” chega a Marília nesta segunda-feira




O musical infantil “Da Cabeça aos Pés, Sem Pé Nem Cabeça” chega dia 11 de novembro a cidade de Marília. Estão agendadas quatro apresentações gratuitas para escolas da Rede Municipal de Educação, que acontecerão no Teatro Municipal. 

O evento é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Coca-Cola FEMSA e Cia Teatro de Risco – com apoio da Prefeitura de Marília , por meio da Secretaria da Cultura. 

A peça aborda, de forma divertida, lúdica e educativa, a importância das crianças manterem uma alimentação saudável e os bons hábitos de higiene pessoal. O espetáculo que diverte e educa está por volta de 21 anos no circuito cultural. 

Produzida pela Cia Teatro de Risco, a história gira em torno de Henrique, um garoto que adoece por resistir aos apelos de sua mãe para que coma legumes, verduras, frutas, mastigue bem, lave as mãos, escove os dentes. Uma equipe seriamente engraçada conta e canta a história, por intermédio de um Médico, Dentista, Nutricionistas e Professor mostrando como se dá o combate dos soldados (leucócitos) contra os vírus, enquanto o protagonista sofre com uma gripe fortíssima. Entram em cena os vilões como o Inféctor, o Tártaro, a Placa Bacteriana, mas também aparecem o Estômago e os Nutritivos. A comédia provoca a interação e a torcida das crianças e conta ainda com a participação especial da Sopa de Legumes, do Esqueleto, do Cérebro e do Pulmão. 

O ágil espetáculo tem cerca de 50 minutos de duração e o entra e sai de personagens passa de 20. Já foi assistido por mais de 500 mil estudantes, além do público espontâneo – um sucesso. Autora e atriz: Marisa Ratcov. Direção e produção artística: Luiz Carlos Ribeiro. 




O evento é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Coca-Cola FEMSA e Cia Teatro de Risco – com apoio da Prefeitura de Marília , por meio da Secretaria da Cultura. 






terça-feira, 5 de novembro de 2019

Secretaria da Cultura abre inscrições para Oficina gratuita do Pontos MIS “Como fazer um Documentário”



A Secretaria Municipal da Cultura está com inscrições abertas para a Oficina gratuita “Como fazer um Documentário” - Exercícios de Antropologia Fílmica para observar e descrever com imagens, com a oficineira Daniela Gonçalves. A ação é uma parceria entre Secretaria da Cultura e Pontos MIS (Museu da Imagem e do Som). 

As inscrições devem ser realizadas por pessoas que tenham mais de 16 anos, na Secretaria da Cultura pelo telefone 3402-6600, de segunda a sexta-feira, das 08h às 14h, até o preenchimento das 20 vagas disponibilizadas. 

A Oficina acontecerá dia 23 de novembro das 09h às 13h, na Sala de Projeção "Emilio Pedutti Filho" - Av. Sampaio Vidal 245, piso superior - entrada pelo Museu de Paleontologia. 

Entre a ciência e a arte, o Cinema Antropológico é uma expressão original do documentário. Os filmes de Robert Flaherty, Jean Rouch, David MacDougall, Stephane Breton, Timothy Asch, Chris Marker, Alain Cavalier, entre outros, permitem uma profunda renovação do olhar interessado à vida das sociedades contemporâneas, próximas e distantes. 

A partir de atividades práticas, a oficina propõe uma desestabilização de sentidos e percepções. Inspirada em trabalhos desenvolvidos na escola de Nanterre, fundada por Jean Rouch, figura pioneira do filme etnográfico, essa oficina se interessa em como o uso da câmera modifica o olhar do observador sobre a realidade, e como essa experiência pode provocar reflexões e transformações. 


A Oficineira: 

Daniela Gonçalves é graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo pela Universidade de Brasília e mestre em Cinema Antropológico e Documentário pela Université Paris-Ouest Nanterre la Défense. 

Tem experiência na área de Comunicação, Produção e montagem audiovisual e Projetos culturais. Atualmente, trabalha com edição de documentários para cinema, televisão e internet e se interessa por temas relacionados tecnologias, cultura popular, estudos de gênero e memória. 


Secretaria da Cultura e SASTROM realizam exposição Astronômica na Biblioteca Municipal


A Secretaria da Cultura de Marília , em parceria com o SASTROM (Sistema Astronômico de Marília), realiza até 14 de novembro, a exposição “Conhecendo o Universo”, na Biblioteca Municipal “João Mesquita Valença”. 

A exposição tem como objetivo apresentar ao público, de modo lúdico, didático e interativo, curiosidades sobre o espaço sideral, bem como contribuir para a formação de crianças e jovens no campo da ciência. 

Serão quase 20 peças em exposição, entre maquetes, mapas, réplicas de foguete, luneta, astrofotografias e outros materiais, para que o público e os estudantes conheçam mais de perto o Sistema Solar, a Terra, a Lua, as constelações e meteoritos. 

Segundo João Frazão, presidente do SASTROM e a bibliotecária Angelina Souza, a exposição vem ao encontro de outras iniciativas municipais que difundem e estimulam o saber pelo mundo astronômico aos jovens da cidade, o que gera importantes frutos, como a medalha de bronze em Olimpíada de Astronomia e Astrofísica na China, ao mariliense Lucas Pinheiro em 2018, após ser selecionado entre 90 mil participantes da prova de nível IV da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA). 

A exposição será guiada, às quartas-feiras, a partir das 14h, pela equipe do SASTROM (Sistema Astronômico de Marília). Visitas de grupos acima de 10 pessoas precisam ser agendadas com antecedência pelo telefone da Biblioteca (14) 3454-7434. 


Serviço: 

Exposição “Conhecendo o Universo” 

Realização: SASTROM (Sistema Astronômico de Marília) 

Local: Biblioteca Municipal de Marília – Rua São Luís, 1295 

Entrada gratuita.