sexta-feira, 19 de julho de 2019

Sarau Literário

Secretaria da Cultura realiza na próxima sexta-feira, 19/07, a partir das 16h, sarau literário na Biblioteca Municipal de Marília. 


Considerado um dos eventos literários mais populares da atualidade, os saraus vêm ocupando lugar de destaque na cena cultural de pequenas e grandes cidades, como os já conhecidos saraus da Cooperifa, do Binho e dos Mesquiteiros em São Paulo e o sarau da Parada Poética, em Nova Odessa, macrorregião de Campinas, que reúne público de todos os lugares do Brasil e do mundo. 

Segundo da Cultura de Marília André Gomes os saraus constituem-se como eventos culturais democráticos por excelência para difusão da cultura oral e escrita, bem como de manifestações artísticas e musicais por e para pessoas de todas as idades e formação, que estão em contato com o universo literário e procuram lugar para se expressar livremente. 

O Sarau Biblioteca Viva, promovido na Biblioteca Municipal na próxima sexta-feira, dia 19/07, a partir das 16h, será um sarau comemorativo em razão dos dois anos que a biblioteca completa em seu novo prédio e sob o novo conceito cultural, o conceito de biblioteca viva, biblioteca esta que é moderna, pluricultural, dinâmica e conectada às inovações e à comunidade a que atende. O Sarau é um convite à população mariliense para viver mais a arte da escuta, dos encontros e da poesia, de modo leve e descontraído, compartilhando seus textos e leituras favoritos, sejam autorais ou não, ao público presente. 

Desde a sua reinauguração, em 19 de julho de 2017, a biblioteca contou com mais de 50 mil frequentadores, 3.149 sócios, mais de 20 mil empréstimos realizados, mais de mil novas aquisições e mais de 20 tipos de atividades (contínuas ou de evento único) realizadas à comunidade, como: aulas de yoga e informática, bate-papo com escritores, contações de história, cursos e oficinas, feiras de troca de livros, arteterapia, inglês, espanhol, exposições, entre outros. Nesse período, a biblioteca foi contemplada também com eventos do PROAC e do SISEB (Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo) e participou de eventos internacionais devidos sua infraestrutura, ações culturais e projetos de extensão desenvolvidos e qualidade de atendimento. 

A Biblioteca Municipal fica na Rua São Luiz, 1295 e o sarau será realizado no piso 2, com entrada gratuita e sem necessidade de inscrição prévia. Para mais informações, basta entrar em contato pelo telefone (14) 3454-7434, pelo e-mail biblioteca@marilia.sp.gov.br ou pelas redes sociais (facebook e instagram) através do @bmmviva. 

terça-feira, 16 de julho de 2019

Secretaria da Cultura abre inscrições para a Oficina de Teatro de Rua

Serão disponibilizadas 25 vagas e as inscrições irão até o dia 16 de agosto em horário comercial.


No próximo dia 17 de agosto, em mais uma série de parcerias com a Poiesis (Programa Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo) Organização Social de Cultura, a Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Cultura, traz ao município a Oficina de Teatro de Rua: “Brincante na Rua”.

Com o objetivo de provocar, sensibilizar e interagir na rua, a oficina traz treinamentos e jogos de expressão e expansão corporal, relacionando-os com a arquitetura dos espaços, texturas e climas. O público alvo são jovens com interesse em teatro de rua, com ou sem experiência, acima de 16 anos de idade.

A oficina será realizada em duas etapas. No período da manhã, o encontro terá como mote exercícios de expansão corporal, a partir de cinco princípios: foco, abrir, fechar, deslocamento e pausa. Serão desenvolvidos jogos como bastão, triangulação, exercícios de atenção, improviso com objetos, dilatação das expressões e ações, permeados por questões acerca da atuação da/o artista de rua e como a sociedade o reconhece. No período da tarde, ao final da oficina, será desenvolvido um jogo coletivo, em espaço aberto (praça pública) criado pelas/os participantes, contendo elementos dos jogos e/ou exercícios vividos no encontro, com o intuito de realizar uma avaliação prática, mediada por todas/os, sobre o processo.

A oficina é gratuita e será ministrada por Marcelo Roya, ator e artista circense com várias peças no currículo e experiência em acrobacia, malabares, palhaço, perna-de-pau e pirofagia.

A oficina acontecerá dia 17 de agosto, das 9h às 18h, na Casa de Cultura “Cristovam Ruiz Pereira”, localizada na Av. Santo Antônio, nº 136. Serão disponibilizadas 25 vagas e as inscrições irão até o dia 16 de agosto em horário comercial.

Para se inscrever basta comparecer na Secretaria da Cultura, localizada na rua Lupércio Garrido, 44, munido de RG e preencher a ficha de inscrição.

MINICURRÍCULO 

Marcelo Roya é ator e artista circense. Formado na Escola Livre de Teatro de Santo André – ELT, integrou e atuou na Carpintaria de Teatro Infantil com espetáculo “O Mágico de Nóis” – direção de Van Caires. Cursou o Núcleo de Mascaras na ELT, com orientação de Cuca Bolaffi; e o Taller Retíro – 5 principios para un comienzo, orientação Sergio Mercurio, em Buenos Aires.

No Núcleo Pavanelli de Teatro de Rua e Circo atuou nos espetáculos: “Aqui Não Senhor Patrão”, “O Básico do Circo”, “Pinta de Palhaço”, “Dia de Benedito” e “Casamento na roça” (dir.: Marcos Pavanelli) por várias cidades do Brasil. Estudou musicalização com Charles Raszl (Barbatuques), circo-teatro com Fernando Neves (Cia. Os Fofos), danças populares com Karla Magalhães, percussão com Luis Bastos, cenopoesia com Ray Lima e Junio Santos, cortejo com Romualdo Freitas e dramaturgia do ator com Calixto de Inhamuns. Como circense tem habilidades em acrobacia, malabares, palhaço, perna-de-pau e pirofagia. Hoje integra o bando “GoliardXs”, que teve início em março de 2015.

Outras informações podem ser obtidas por telefone (14) 3402-6600.

Fotos: Divulgação

sábado, 13 de julho de 2019

Secretaria da Cultura abrirá inscrições para Oficina de Fotografia 'Relatos Urbanos'




A Prefeitura Municipal de Marília, por meio da Secretaria da Cultura, em parceria com a Poiesis - Organização Social de Cultura - Programa Oficinas Culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, realizará de 19 a 31 de agosto a Oficina de Fotografia: Relatos Urbanos, com coordenação da fotógrafa Luciana Crepaldi que possui obras da Coleção “Olor Visual” e da “Arte e Naturaleza”, ambas de Madri. 

As oficinas serão ministradas as segundas-feiras, das 18h30 às 22h e aos sábados das 14h às 18h30, na Sala de projeção “Emílio Peduti Filho”. 

As inscrições podem ser realizadas de 15 de julho até 16 de agosto, na Sala Municipal de Projeção, localizada na Av. Sampaio Vidal, nº 245 (piso superior - entrada pelo Museu de Paleontologia) 

A oficina é gratuita, indicada para pessoas maiores de 16 anos. Serão disponibilizadas somente 25 vagas e recomenda-se que o participante leve câmara fotográfica, smartphone ou tablet (Tripé opcional). No caso, se houver mais inscritos do que a quantidade de vagas oferecidas, a seleção acontecerá por ordem de inscrição e os excedentes constituirão uma lista de espera. 

As oficinas serão realizadas em duas etapas: teórica e prática, por meio do conhecimento e das análises de distintos autores contemporâneos, espera que o participante assimile as poéticas visuais existentes, estimule o exercício estético que a linguagem fotográfica oferece, explorando sua criatividade e registrando a cidade com outros olhos, fragmentos do cotidiano, situações vividas, o inusitado, gestos e emoções, de diversas formas e significados. 

Luciana Crepaldi 

Luciana Crepaldi é arquiteta e trabalha com imagens. Em 1999 iniciou uma investigação artística com um escâner que vai resultar em Arte. Em 2000, vivendo na Europa, fez cursos de fotografia e arte, produziu mais e expôs sua obra em diferentes cidades: Barcelona, Madri, Paris, New York, Baltimore, Montreal, Mallorca, Tarragona, Cadiz. Em São Paulo, expôs na Casa Cor 2017 e no Itaú Cultural. Suas obras fazem parte da Coleção “Olor Visual” e da “Arte e Naturaleza”, ambas de Madri. 

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3413-6925 


Serviço: 

OFICINA DE FOTOGRAFIA: RELATOS URBANOS 

Coordenação: Luciana Crepaldi 

Aulas: de 19/8 a 31/8 - segundas-feiras - 18h30 às 22h e sábados - 14h às 18h30 

Inscrições presenciais: 15/07 a 16/08

Seleção: Por ordem de inscrição 

Vagas: 25 / Indicação: maiores de 16 anos 

Local: Sala de projeção “Emílio Peduti Filho”- Av. Sampaio Vidal, nº 245 (piso superior) 

Participação gratuita.

sexta-feira, 12 de julho de 2019

II Mostra Internacional de Teatro de Marília acontece em agosto e busca patrocínio de empresas


Havana Martins, da comissão organizadora da Mostra, e Paulo Lúcio, Secretário Adjunto da Secretaria da Cultura


A Prefeitura Municipal de Marília - por meio da Secretaria da Cultura, em parceria com a Cia. Corpus de Teatro Físico, irá realizar de 25 de Agosto a 01 de Setembro a II Mostra Internacional de Teatro, no Teatro Municipal “Waldir Silveira Melo”. 

Durante a Mostra, a cidade receberá artistas da Bolívia, Chile, Uruguai, Argentina, Brasil, Peru e México, para palestras, oficinas e apresentações. 

A II Mostra Internacional de Teatro de Marília, é um projeto artístico e cultural com a participação do projeto Teatro da Cidade, e o projeto Guri, e tem como objetivo principal continuar o intercâmbio artístico e cultural de companhias e grupos de teatro da América Latina, como também, com grupos brasileiros de outros estados do país. 

Sua finalidade é apresentar ao público da cidade de Marília, visões e estéticas de montagens com diversas temáticas, estilos e idiomas, levando Marília, a ser a primeira cidade do interior paulista em fazer eventos de alto nível artístico, além de oferecer a população da cidade e região, palestras e workshops de aperfeiçoamento cênico, ministrado pelos diretores e artistas representantes dos países convidados a ser parte da II Mostra. 

Adicionar legenda
Segundo Havana Martins, membro da comissão organizadora do evento, a Mostra Internacional é um evento de grande porte, que traz a Marília dezenas de atores de outros países, o que acarreta uma demanda grande de recursos. 

“Graças ao sucesso que a Mostra teve no ano passado, nos surgiu a ideia de fazer um evento maior e gratuito ao público. Para isso, esperamos contar com o apoio e patrocínio das empresas e indústrias da cidade de Marília, favorecendo o objetivo de ampliar e garantir o acesso gratuito ao público, e fortalecendo desta forma o desenvolvimento das artes cênicas e principalmente a formação de novos públicos, críticos e ativos participantes das artes e a cultura de nossa cidade”, disse Havana. 

As empresas interessadas em conhecer o projeto e patrocinar a II Mostra, pode entrar em contato com Havana pelo telefone (14) 99801-7975, ou na Secretaria da Cultura, pelo número 3402-6600. 

Para o coordenador da Mostra Gonzalo Pérez, a Mostra é muito importante para as artes cênicas da cidade Marília e o público de teatro. 

“Continuar o processo de fortalecimento e diálogo construído com os grupos participantes na primeira edição, incentivando a produção de novas propostas cênicas, para posteriormente, analisar os espetáculos, indicando e ressaltando análises, a estética e recursos utilizados para produção e materialização da montagem, realizando de forma construtiva o intercâmbio cultural entre os artistas dos diferentes países de América Latina e Brasil, melhorando assim a divulgação e produção da II Mostra”, disse Gonzalo. 













Teatro Municipal recebe Orquestra Sinfônica Jovem de Lins com Concerto de Inverno


O Teatro Municipal “Waldir Silveira Mello” recebe na próxima terça-feira (16), às 20h, o Concerto de Inverno - da Orquestra Sinfônica Jovem de Lins , sob regência do maestro João Fernando Paluan. A entrada é 01kg de alimento não perecível (por ordem de chegada). 

O Evento é realizado pela Orquestra Sinfônica Jovem de Lins, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura e Economia Criativa, ProAc; 
Patrocínio das Lojas Tanger e Usina Lins; e apoio da Secretaria da Cultura de Marília. 

A Orquestra Sinfônica Jovem de Lins, fundada em 22 de novembro de 2011, “Dia da Música”, tendo como patrona a Professora Cleide Antonia Di Mauro, é fruto da aspiração de um grupo de pessoas que acreditou num sonho e que se tornou realidade. 

Ainda jovem, este grupo sinfônico que começou como uma pequena camerata de alguns jovens, com apoio da Prefeitura Municipal, Câmara Municipal e empresários Linenses, tornou-se aos poucos uma orquestra e tem demonstrado, através de suas apresentações, notável crescimento, não só quantitativo, como também qualitativo, uma vez que entre um concerto e outro, apresenta obras e arranjos diferenciados tanto do repertório nacional, quanto no internacional, da música clássica e popular. 

Hoje conta com mais de 70 integrantes, entre instrumentistas e coralistas, congregando músicos de várias cidades além de Lins, como: Bauru, Botucatu, Cafelândia, Marília, Novo Horizonte, Promissão e Tatuí. A média de idade atual dos instrumentistas é de 19 anos. O Coro Sinfônico, parte estável da OSJL, tem sua mais nova coralista com apenas 11 anos de idade. 

Seu regente titular é João Fernando Paluan, com títulos superiores em música, além de vários cursos de aprimoramento e especialização no Brasil e no exterior. 

Além de sua cidade natal, Lins, a OSJL apresentou seus concertos em Águas de Santa Bárbara, Bauru, Cafelândia, Catanduva, Castilho, Guaíra, Jaú, Lençóis Paulista, Promissão, São José do Rio Preto, São Lourenço do Oeste (SC) e São Pedro. 

Desde 2013 a OSJL tem seus projetos aprovados pelo Ministério da Cultura, hoje Ministério da Cidadania, para obtenção de recursos através da Lei de Incentivo a Cultura e atualmente vigente o “PRONAC nº 177712 Educação Musical com a Orquestra Sinfônica Jovem de Lins – OSJL”. 

Neste ano de 2019, encontra-se aprovado e em plena vigência o projeto ProAC-ICMS “Música Para Todos com a Orquestra Sinfônica Jovem de Lins” código 27692, conforme publicação no DOE (SP) de 28/02/2019. E, a exemplo do ano anterior, já conta com o patrocínio das Lojas Tanger e Usina Lins, para que a OSJL execute as 8 apresentações, em 8 municípios do Estado de São Paulo. 


Secretaria da Cultura realiza Janela Literária com Festival de Contação de História neste sábado



A Secretaria da Cultura realiza neste sábado, 13 de julho, à partir das 09h mais uma edição do programa “Janela Literária” com Festival de Contação de História, na Biblioteca Municipal de Marília (Rua São Luiz, 1295). A entrada é gratuita. 

Na Janela Literária, a Biblioteca oferece um dia dedicado às diversas manifestações artísticas e literárias como lançamentos de livros, saraus, contação de histórias, encontros de RPG, jogos de xadrez e encontros do Clube de Leitura “Leia Mulheres”. 

O Festival de Contação de História, na programação das 10h, é resultado do curso “A arte de contar histórias”, promovido pela Secretaria Municipal da Cultura e ministrado pelo contador de histórias Carlos Monteiro Filho (Calu), no período de 8 de abril a 24 de junho na Biblioteca Municipal, a um público de 15 alunos. 

O grupo de alunos, integrado por professores, bibliotecários, agentes culturais, atores e catequistas, apresentará ao todo sete histórias ao público, entre fábulas, contos modernizados e textos autorais, as quais contemplarão algumas das técnicas aprendidas no curso, como narração, criação de personagem, manipulação de bonecos e objetos, utilização de livros, entre outras. 

Além do Festival, a edição deste sábado do Janela Literária contará com encontro dos escritores marilienses, às 9h; oficina de xadrez, às 10h; lançamento do livro Infantojuvenil “Benjamim: o caçador de poetas”, organizado por Mário Milani, às 11h; oficina de RPG e BoardGame, às 14h e o Clube de Leitura “Leia Mulheres Marília”, às 15h. 

A Janela Literária ocorre uma vez ao mês, sempre aos sábados, entre o primeiro ou 

segundo sábado do mês, com programação nos períodos da manhã (das 9h às 13h) e à tarde (das 14h às 18h). As atividades são todas gratuitas. 


Programação Completa: 


MANHÃ: 

9h às 10h – XXII Encontro dos Escritores Marilienses (piso1) 

9h às 12h30 – Brinquedoteca (Piso 2 - crianças até 12 anos acompanhadas de um responsável). 

10h às 12h - Oficina de Xadrez com Felipe Brene, ex Árbitro Auxiliar da Confederação Brasileira de Xadrez. (piso3) - A prática do jogo de xadrez desenvolve habilidades como memória, concentração, planejamento e tomadas de decisões. 

10h às 12h45 – Festival de contação de histórias (Formatura de alunos da oficina “A arte de contar histórias” com Calu Monteiro (Piso 2) 

11h às 12h – Lançamento do Livro: “Benjamim: o caçador de poetas”, organização de Mário Milani (Piso 1) 



TARDE: 

14h às 18h - Projeto Legião - Oficina de RPG e Board Games (Piso 2) 
Os jogos RPG estimulam a imaginação e o raciocínio lógico, desenvolvem a criatividade, o relacionamento interpessoal e a cooperação mútua. Consiste em um tipo de jogo no qual os jogadores desempenham o papel de um personagem em um cenário fictício. É um jogo diferente dos convencionais, pois não há ganhadores nem perdedores. 


15h às 17h - Clube de Leitura “Leia Mulheres” - Livro: “A origem do mundo: uma história cultural da vagina ou a vulva vs. o patriarcado”, da escritora Liv Strömquist (Piso 1) 
O projeto Leia Mulheres surgiu em 2014 com um convite à leitura de obras escritas por mulheres, de clássicas a contemporâneas. Atualmente, são inúmeros grupos espalhados por todo Brasil. Mediação de Ana Xavier, Letícia Oliveira e Raisa Oliveira. 


Feira de Artesanato Mulheres Empreendedoras acontece na Praça Saturnino de Brito



O grupo Mulheres Empreendedoras, realiza dias 12 e 13 de julho, a Feira de Artesanato, das 9h até as 18h, na Praça Saturnino de Britto (em frente a Prefeitura Municipal de Marília). 

O evento conta com apoio das Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria da Cultura, e do vereador Marcos Rezende. 

Atualmente, as mulheres estão assumindo um papel de protagonistas no mercado de trabalho, na sociedade e na família. Esta retomada de espaço apenas deixa claro que a mulher deve e pode ocupar, tanto quanto os homens, lugares sociais onde seja possível exercer suas capacidades e conquistar posições de liderança 

O Secretário da Cultura André Gomes está atendendo uma revindicação antiga que é dar valor e espaço ao artesanato, ouvindo grupos de mulheres artesas na cidade, e está buscando trazer esta experiência com novas parcerias. 

“As mulheres são protagonistas em diversos setores da sociedade, com isso também buscam diversas formas de garantir sua renda, com apoio de grupos organizados de mulheres artesãs de nossa cidade. Será possível ter ação concreta através de organização e grupos independentes e faremos esta primeira experiência para motivar e construir políticas públicas e de valorização do artesanato em Marília. E que seja para além da renda, mas o artesanato também é identidade, cultura e tradições ligadas as culturas e a história da humanidade”, disse o Secretário. 

Lilian Gallina , que é fundadora e responsável há mais de um ano pelo grupo “Mulheres Empreendedoras”, busca fortalecer e apoiar a mulher que quer ter o seu próprio negócio. 

“Fazemos isso através dos nossos eventos de exposição hoje com mais de 130 mulheres em vários segmentos como artesanatos, bolos e doces, moda e acessórios femininos, artigos infantis, prestações de serviços”, disse Lílian. 


Serviço 



Feira de Artesanato de Mulheres Empreendedoras 

Dias 12 e 13 de julho – das 09h às 18h 

Local:Praça Saturnino de Britto (em frente a Prefeitura Municipal de Marília) 



quarta-feira, 10 de julho de 2019

Evento Cultural ‘Ignição’ acontece neste sábado na Avenida das Indústrias



Acontece neste sábado, na Avenida das Indústrias (Próximo ao Poupatempo), o Evento Cultural Ignição. O evento gratuito tem o apoio da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria da Cultura e contará com apresentação de bandas, poesia, exposição e terá início às 12h.

Ignição é um movimento pró-cultural realizado pela banda Ingrime em busca de fomentar e alavancar a arte, abrindo espaço para que novos artistas e compositores possam consolidar suas músicas, pinturas, peças e poesias mediante o trabalho em conjunto. 

O evento já foi realizado diversas vezes, trazendo artistas autorais de Marília, Garça, Bauru e região, para um dia de apresentações de música, pintura, desenho e dança. 

Nessa edição, o evento trará muitos conjuntos musicais como: Cactos (MPB), Lua e as Marés (MPB), Fe Rossette (MPB), Juliana Maximo (Indie), Stanley Usla/Jovem Jota (Hip- Hop/Rap), Brechó (Indie), Arranhacéus (Rock), Ingrime (Rock), Na Goela (Hardcore/Lins), NHMC (Punk Hardcore) e Stonedrunk (Stoner Metal). 

O evento contará também com poetas (Johnny Walkman, Gui Kemp, Gian Gonzales, Guilherme Modesto, Caio Guerke), pintores (Marilyn Scarlett Freeman, Leticia Prs), artistas de rua e artistas visuais, entre outras intervenções.

“É ver um sonho se concretizando, sempre lutamos em busca de fortalecer a cena autoral, que é o que acreditamos. E cada vez mais artistas têm partilhado desse ideal, que é uma união em prol da arte”, disse Gian Gonzales, músico, poeta, ator, compositor. 


Serviço: 

IGNIÇÃO 

Dia 13/07 – 12h 

Local: Avenida das Industrias esquina com a Cincinato Braga (Frente ao Poupatempo) 

Evento: Gratuito 

Apoio: Secretaria da Cultura 



Secretaria da Cultura tem inscrições abertas para 3º Festival de Música Sertaneja e Caipira de Marília



A Secretaria Municipal da Cultura está com inscrições abertas para o 3º Festival “Rosalvo Manoel dos Santos” de Música Sertaneja e Caipira de Marília. Poderão participar duplas e trios no evento que acontecerá dia 18 de agosto. 

O 3º Festival “Rosalvo Manoel dos Santos” de Música Sertaneja e Caipira de Marília é realizado pela Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Cultura. 

As inscrições estarão abertas até 18 de agosto e podem ser realizadas antecipadamente pela internet através do e-mail: sc@marilia.sp.gov.br ou presencialmente na Secretaria Municipal da Cultura de Marília (Rua Lupércio Garrido, nº 44). 

Os interessados também poderão efetuar suas inscrições no dia e local do Festival (Praça “Rosalvo Manoel dos Santos” - Av. José Rino, nº 728, Jânio Quadros), das 10h às 12h. 

O regulamento e a ficha de inscrição com os dados da dupla ou trio, indicação do intérprete, informando a música que será executada poderão ser acessados em: culturamarilia.blogspot.com.br

Sobre o Festival: 

O Festival terá duas etapas na categoria “Sertanejo e Caipira”, sendo a primeira de classificação, em que definirá 10 canções finalistas e a segunda a Final que definirá o 1º, 2º e 3º colocados, sendo ambas as etapas no mesmo dia do evento. 

As duplas ou trios serão avaliados por uma Comissão Julgadora, nomeada pela Comissão Organizadora e será composta por pessoas com reconhecido conhecimento musical e sem grau de parentesco com os candidatos, que receberão a ficha com critérios dos itens a serem avaliados e respectivas notas. 

A premiação será em dinheiro, aproximadamente R$13.300, divididos entre os vencedores do 1º até o 10º lugar. 

Em sua 3ª Edição, o Festival configura-se como um dos principais Eventos Culturais do Município, e tem por objetivo divulgar e incentivar a Música Sertaneja Raiz, aprimorar e promover as manifestações culturais inerentes à cultura caipira em sua linguagem, seus ritmos e suas motivações, promover o intercâmbio artístico-cultural entre artistas de diversas regiões e revelar novos talentos, visando também a aproximação, o convívio e a maior integração entre as cidades participantes. 

Estima-se um público de 5 mil pessoas, entre todas as faixas de idade, sendo este um evento que leva as famílias para a praça, oriundas de todo o município e cidades da região. 

Com shows musicais e praça de alimentação, o evento é um momento de cultura, entretenimento e lazer, com o intuito de preservar, valorizar e fomentar as tradições culturais do município. 








Circuito Cultural Paulista acontece neste sábado com o espetáculo gratuito “Os Arqueólogos”



Acontece neste sábado (13), às 16h, no Anfiteatro do SEST SENAT (Av. Dr. Durval de Menezes, 1901), o Circuito Cultural Paulista, com o espetáculo gratuito “Os Arqueólogos”. 

O evento, que contará com tradução em libras, tem apoio da Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Marília e do SEST SENAT. 

O Circuito Cultural Paulista é o maior programa contínuo de difusão cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, executado por meio da organização social Associação Paulista dos Amigos da Arte - APAA, em parceria com as Prefeituras Municipais. 

Com patrocínio master, via incentivo fiscal da Lwart Lubrificantes, a programação inicial de espetáculos levará produções culturais a 30 municípios: Aguaí, Agudos, Amparo, Araçatuba, Araras, Bauru, Botucatu, Campinas, Cubatão, Espírito Santo do Pinhal, Franca, Guaíra, Guarulhos, Iguape, Ilha Solteira, Indaiatuba, Lençóis Paulista, Limeira, Lorena, Macatuba, Marília, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santa Bárbara D'Oeste, São José dos Campos, São Vicente, Suzano e Taubaté.

"O Circuito Cultural Paulista é um mecanismo fundamental para fortalecer a potência da arte e da cultura nos municípios do Estado de São Paulo. A programação é diversa incluindo destaques da produção artística de nosso país, de nomes já conhecidos do grande público a novos e promissores talentos", comenta Danielle Nigromonte, diretora executiva da APAA. 

Os arqueólogos 

A obra traz várias cenas: um pai que ensina o filho a fotografar com uma câmera analógica; um casal tem uma discussão de relacionamento; pessoas que atravessam a rua. 

No segundo momento, em um futuro distante, os dois personagens, agora arqueólogos, refletem sobre os vestígios deixados pelas pessoas. Interpretado por apenas dois atores que encenam vários outros personagens no decorrer das cenas, a peça usa a metáfora de forma descontraída, enquanto discutem sobre memória, legado e relações humanas. 


Serviço: 


Circuito Cultural Paulista 

Espetáculo “Os Arqueólogos” 

Dia 13/07 – 16h 

Local: Anfiteatro do SEST SENAT (Av. Dr. Durval de Menezes, 1901) 

Evento com tradução em libras! 

Evento gratuita / Entrada por ordem de chegada até lotação máxima do espaço.

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Animação “Bruxarias” é destaque da semana na Sessão Pontos MIS desta quinta-feira



A Secretaria Municipal da Cultura, em parceria com o Museu da Imagem e do Som (Pontos MIS), exibe dia 11, às 20h na Sala Municipal de Projeção (Av Sampaio Vidal, 245- piso superior, com entrada pelo Museu de Paleontologia), o filme “Bruxarias”, uma animação brasileira, com direção de Virgínia Curiá. A entrada é gratuita. 

Bruxarias: 

A animação é sobre Malva, uma menina de 10 anos que leva uma vida tranquila com sua avó e seu bichinho de estimação Lalila, em uma caravana de vendas de produtos medicinais. 

As fórmulas destes produtos são um segredo ancestral guardado por sua família. O sucesso desperta o interesse de Rufa, o malvado dono de uma fábrica de cosméticos,
que decide raptar a vovó da garota para descobrir os ingredientes secretos que ela utiliza em sua produção. 

Malva decide se juntar a uma confraria de bruxas para salvar sua avó e na aventura descobre mais sobre a história mágica de seus antepassados. 

O Filme é premiado no Festival do Rio 2016, vencedor do Júri Popular (Mostra Geração). 

“Pontos MIS” é um programa de circulação e difusão audiovisual que visa promover a formação de público e a circulação de obras do cinema. Estabelecendo parcerias para criar pontos de difusão audiovisual espalhados pelo Estado. 

O programa é uma realização do Governo do Estado de São Paulo (Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo), com uma parceria entre o Museu da Imagem e do Som - MIS e as cidades do Estado, com objetivo de democratizar o acesso ao cinema, a fim de contribuir para a formação de plateias, a difusão de filmes e o estímulo à produção local. 

Serviço:

Sessão Pontos MIS
Exibição do Filme: “Bruxarias”
Dia: 11/07 – 20h
Local: Sala Municipal de Projeção – Av Sampaio Vidal, 245- piso superior, com entrada pelo Museu de Paleontologia
Entrada gratuita - Classificação: Livre