sexta-feira, 15 de junho de 2012

Fotografia e Cidadania

Emoção marca a abertura da exposição Cultura de Paz

Emoção é o vocábulo que define o clima da solenidade de abertura da exposição “ Cultura de Paz” idealizada pelo Casa Marília e realizada pela Prefeitura de Marília por meio da Secretaria Municipal da Cultura em parceria com o Marília Shopping. A abertura da exposição aconteceu na manhã dessa sexta-feira (15), na praça de eventos Shopping.

A mostra traz 125 fotos, com as respectivas legendas, que retratam o projeto homônimo, realizado há cerca de um ano e meio no local. As imagens foram produzidas por adolescentes que cumprem ou já cumpriram medida socioeducativa de internação no CASA.

Estiveram presentes no evento: André Gomes (Cultura), Denise Lopes (Juventude), Pedro Padovan (Diretor Regional da Fundação Casa), Ednéia Reganhan (Diretora da Fundação Casa Marília), Saulo Cirino (Marília Shopping), Márcio Martins(Presidente do Conselho Municipal de Cultura), autoridades e colaboradores da Fundação Casa, Marília Shopping e Secretaria Municipal da Cultural. Também estavam presentes na solenidade 10 jovens internos, os quais tinham suas fotografias na mostra.

Durante a cerimônia os jovens da Fundação Casa puderam demonstrar sua sensibilidade artística emocionando o público presente. Os garotos leram uma crônica intitulada de “Toques e Retoques”, a qual foi produzida, coletivamente, em oficina de produção de texto, sob a coordenação da agente educacional, Roxanne Rodriguero. Houve também uma bela apresentação de dança. E além do talento para a fotografia e outras linguagens artísticas, os meninos demonstraram que também têm aptidão para a arte da culinária, pois os pães, biscoitos servidos no coffee break do evento foram produzidos, pelos jovens, na padaria oficina da Fundação Casa.

A Exposição pode ser visitada diariamente até 29 de junho, das 10h às 22h (domingos e feriados, das 13h às 19h), na área central do shopping, próximo à praça de alimentação.

O Projeto

O projeto Cultura de Paz busca sensibilizar adolescentes e funcionários sobre a importância da paz no cotidiano do centro socioeducativo, de forma a garantir o desenvolvimento eficiente e efetivo da medida socioeducativa. Por meio de oficinas, a agente educacional Roxanne Rodriguero desperta nos jovens o senso crítico sobre a realidade, por meio de textos, fotos desenhos e outras produções artísticas.

Um comentário:

  1. rodrigueroroxane@hotmail.com16 de junho de 2012 10:16

    PARABÉNS A TODOS. A MOSTRA DE FOTOGRAFIAS É O RESULTADO DE UM SONHO COLETIVO.

    ResponderExcluir